Páginas

Follow by Email

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

 Palavra de Luz

A Palavra é como a luz, não se sabe de onde vem, quando se dá conta ela já está ali, iluminando a mente de quem visita, se impondo para ser despejada, refletida, incandescente.Clareando as ideias, os sentidos, implorando para brilhar seja num pedaço de papel, seja tomando forma através da digitação em um computador, ou até mesmo em expressão verbalizada. Não importa como, mas ela tem que surgir, ela tem que emanar. Não foi feita para se prender e nem que seja por uma fresta, ela entra, como um feixe de luz que encontra na penumbra um pequeno espaço para se esgueirar e revelar-se.Oh, o que seria de nós, pobres mortais, sem a palavra? Seria como a escuridão sem luz, onde nada se poderia ver, onde não existiria calor e cor. Bendito seja aquele que inventou a palavra! Bem aventurado seja aquele que faz uso dela! E congratulado seja aquele que a dominar! Arte esta, que inclui muita prática, esmero e paixão. Ainda chegaremos lá...(V.C)

Nenhum comentário:

Postar um comentário